Últimas Notícias

Vasto material de explosão e armas são apreendidos pelo GTO de Alexandria

 


O Grupo Tático de Operações de Alexandria (GTO), recebeu a informação de que um delegado de polícia havia sido assaltado no município de Antônio Martins. Segundo a informação, o policial estaria acompanhado de familiares. 

Na ação delituosa, teria os assaltantes, que estariam em um veículo Corolla, tomaram o veículo Toyota Hilux e pertences do delegado.
De pronto, baseado nas informações, os policiais do GTO passaram a seguir pistas, rastros dos citados veículos, chegando assim a comunidade rural da Boa Vista, região fronteiriça entre os municípios de João Dias e Alexandria.

 
Em uma residência, território alexandriense, foi encontrado o Corolla, de placas QGV-2608 - Caicó. Os policiais, em companhia de uma pessoa que estava no local, chegaram em outra segunda moradia, em terras do município de João Dias. Nesta residência, foram encontrados diversos equipamentos e armas, como duas espingardas, sendo uma de calibre 12 e uma segunda de calibre 36, munição calibre 9mm, além de material explosivo, utilizado para assaltos, como capacetes, capus, grampos. 


 
No local, foram apreendidas três pessoas, com este fardo material, utilizado comumente para explosão de caixas eletrônicos. 

Uma verdadeira operação foi montada para se chegar a este local. O Comando da 3ª Companhia de Polícia Militar, sediado em Alexandria, contou com o efetivo de várias guarnições de inúmeras cidades participaram do trabalho, como por exemplo, os policiais de Frutuoso Gomes, Antônio Martins, Pilões, Tenente Ananias, Marcelino Vieira, assim como o GTO de Patu, que foram para dar apoio do Grupo Tático de Operações de Alexandria, juntamente com a polícia civil de Alexandria e Catolé do Rocha. Ao final, as pessoas de Francisco Resenildo da Silva, Júlia Alves da Silva Mesquita e Estefane Alves de Mesquita, foram conduzidas para a delegacia de Alexandria, para os procedimentos necessários. As informações são do blogue Nosso Paraná.

Nenhum comentário