Últimas Notícias

O melhor Neymar foi o do Santos

Com os milhões da Europa, atacante brasileiro driblou na contramão: quis ser um popstar antes de se tornar um ídolo vencedor e respeitado

Resultado de imagem para neymar

O mais talentoso craque brasileiro de sua geração completa nesta quinta-feira, 7, dez anos de uma carreira que, claramente, prometia mais. Apesar de ter faturado milhões e milhões de reais e euros, Neymar jamais alcançou, dentro de campo, as performances que o garoto magrelo e abusado da Vila Belmiro parecia ser capaz. Arrisco: o melhor Neymar que vimos foi o do Santos. Talvez não apenas como atleta, mas como ídolo. Campeão da Libertadores driblando meio mundo, alegre e com os parças em lanchonetes da cidade. Mais autêntico, até nos deslizes. O de hoje, sofrendo no frio da França, precisa urgentemente se reinventar.


Aos 27 anos, já foi artilheiro e campeão da Champions League, medalha de ouro em Olimpíada, é o jogador mais caro de todos os tempos, marcou quase 400 gols e caminha para ser o artilheiro histórico da seleção brasileira. Qualidade não é dúvida. Mas não chegou nem perto do troféu da Copa do Mundo (deu azar com lesões), nem da Bola de Ouro tão sonhada por seu staff – sequer ficou em segundo, e nem pode reclamar, pois, de fato, esteve mais perto do nível de craques como Griezmann, Ribery, Xavi, Salah, Modric e Bale do que dos gênios Cristiano Ronaldo e Lionel Messi.

Veja

Nenhum comentário