Últimas Notícias

Madrasta é presa suspeita de espancar enteada de sete anos em São Bento, PB

Menina foi agredida pela madrasta em São Bento, no Sertão da Paraíba — Foto: Divulgação/Polícia Civil da Paraíba

Uma mulher de 20 anos foi presa em flagrante na noite de quinta-feira (14) na cidade de São Bento, no Sertão paraibano, suspeita de espancar a enteada, uma criança de sete anos. A prisão foi efetuada pela Polícia Civil após denúncia registrada pela mãe da menina. De acordo com o delegado Anderson Fontes, a criança apresentava hematomas no rosto e nos ombros.

Em depoimento após ser presa, a mulher explicou que as agressões na verdade eram brincadeiras e tapas que ela dava na menina por desobediência. A menina morava com a suspeita e com o pai na cidade a 375 km de João Pessoa.

“Fiz a prisão em flagrante. A suspeita foi indiciada por lesão grave, tendo em vista o risco de vida, e comuniquei o juiz plantonista. A prisão em flagrante foi convertida em preventiva e nesta sexta-feira a suspeita foi encaminhada para o presídio feminino de Patos”, explicou o delegado Anderson Fontes.


Em depoimento, criança relatou ao delegado no Sertão da Paraíba que sofria agressões da madrasta há muito tempo — Foto: Divulgação/Polícia Civil da Paraíba

Ainda segundo o delegado titular de São Bento, a criança relatou que era agredida com um cabo de vassoura, jogada contra a parede, também sofreu arranhões e esganadura com as mãos no pescoço. A menina passou por perícia médica e um laudo confirmou que os hematomas eram decorrentes de espancamentos.

A mãe da menina, responsável por levar o caso à polícia, relatou ao delegado que a menina havia contado que sofria com as agressões há muito tempo. De acordo com delegado, a mãe da criança assinou o termo requerendo a guarda e o Conselho Tutelar foi favorável ao pedido.
Escoriações e hematomas confirmaram espancamento, diz delegado de São Bento, PB — Foto: Divulgação/Polícia Civil da Paraíba


*G1 PB via Nosso Paraná

Nenhum comentário