. populares img:hover{ -ms-transform: rotate(-10deg); -webkit-transform: rotate(-10deg); -moz-transform: rotate(-10deg); -o-transform: rotate(-10deg); transform: rotate(-10deg);}
Ultimas

O PASSADO PELO PRESENTE

PROVEDOR DE INTERNET

quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Após sequestro, ex-esposa de empresário da cidade de Santo Antônio RN, é encontrada morta

LAMENTÁVEL


A ex-esposa do empresário Hugo Barbosa, Maria da Conceição de Lima Barbosa, de 56 anos, sequestrada ontem, foi encontrada morta nas proximidades de um canavial, numa estrada vicinal no município de Pedro Velho Ela e a filha, identificada como Maria Larissa de Lima Barbosa, de 28 anos, foram sequestradas na comunidade do Mascena, município de Santo Antônio, após terem o carro tomado de assalto por cerca de três criminosos. Os homens arrastaram as duas para o carro e fugiram sentido Goianinha. De acordo com os familiares, as duas estavam na estrada, saindo de Santo Antônio a caminho de Natal, quando o carro delas de modelo Ônix foi trancado por um gol com três homens. Dois deles assumiram o controle do Ônix e partiram com mãe e filha.

As buscas foram realizadas e durante a madrugada de hoje, os familiares foram informados que um corpo foi achado em outra estrada de terra localizada entre os municípios de Espírito Santo e Pedro Velho, próximo ao distrito de Coité. Os policiais conduziram os familiares que reconheceram o corpo de Maria da Conceição. Segundo informações da PM, a vítima foi morta com um tiro de espingarda na cabeça. O corpo foi removido pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) e o caso será investigado pela Divisão Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil.

A filha do empresário foi liberada ainda na noite de ontem, numa localidade conhecida como Tabocas, município de Espírito Santo. O carro utilizado pelos bandidos para cometer o crime foi encontrado carbonizado às margens da RN-003, em Espírito Santo. O carro da família e alguns pertences das vítimas foram encontrados em Mamanguape, no estado da Paraíba.

A Polícia Civil vai investigar o caso. Ainda não se sabe o que teria motivado o crime.