. populares img:hover{ -ms-transform: rotate(-10deg); -webkit-transform: rotate(-10deg); -moz-transform: rotate(-10deg); -o-transform: rotate(-10deg); transform: rotate(-10deg);}
Ultimas

O PASSADO PELO PRESENTE

PROVEDOR DE INTERNET

domingo, 17 de junho de 2018

MAIS DETALHES: Polícia Civil prende suspeitos de homicídio em Assú





Uma ação conjunta das POLÍCIAS CIVIL e MILITAR, da cidade de Assu, na tarde de hoje (16/06/2018), resultou na prisão de 02 (dois) homens, apreensão de arma de fogo, munições, veículo e drogas.


Foram presos ROSEMILSON FELIPE SANTIAGO DA SILVA, vulgo “RÓ” (22 anos), e ALDEMBERG GLEYSON TOMAZ LOPES, vulgo “BERGUINHO” (20 anos), suspeitos da morte de JOSÉ ILTEMBERG DE MENDONÇA, conhecido como “TEMBERG”. A prisão ocorreu 5 minutos após o crime, quando os suspeitos tinham acabado de chegar em casa, sendo apreendida a arma usada na execução, como também o veículo.


Segundo o delegado, os suspeitos já eram investigados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, além de serem apontados como autores de outros homicídios e de integrarem uma facção criminosa de São Paulo, por isso mesmo havia uma ordem judicial de busca e apreensão no imóvel usado por eles. Nas buscas realizadas no imóvel, foram encontradas 139 (cento e trinta e nove) pedras de CRACK, prontas para comercialização, uma pequena porção de MACONHA, 02 (dois) cartuchos intactos de arma calibre 12, 01 (um) cartucho deflagrado no HOMICÍDIO, de arma calibre 12, além de uma espingarda calibre 12, 02 (dois) rádios comunicadores, blusões e uma balaclava.

A dupla confessou o crime e afirmaram que receberam, como pagamento pelo homicídio, uma motocicleta HONDA FAN, cor preta, que foi o veículo usado no crime.

Os suspeitos foram autuados em flagrante pelos crimes de HOMICÍDIO QUALIFICADO, TRÁFICO DE DROGAS, ASSOCIAÇÃO PARA O TRÁFICO, RECEPTAÇÃO e POSSE ILEGAL DE ARMA DE FOGO DE USO RESTRITO, sendo ambos encaminhados à Cadeia Pública de Mossoró, onde aguardarão os trâmites do processo.

A POLÍCIA CIVIL agradece a colaboração daqueles que ajudaram na elucidação do crime, oportunamente pedindo para que continuem denunciando pelos DISK-DENÚNCIA, através dos números (84) 9 9992-2122 e 9 8155-2956.

Coelho Fatos e Notícias