. populares img:hover{ -ms-transform: rotate(-10deg); -webkit-transform: rotate(-10deg); -moz-transform: rotate(-10deg); -o-transform: rotate(-10deg); transform: rotate(-10deg);}
Ultimas

O PASSADO PELO PRESENTE

PROVEDOR DE INTERNET

sexta-feira, 30 de março de 2018

Estado do RN é considerado esculhambado


Um dos Estados mais esculhambados e violentos do Brasil faz muito tempo que se chama RIO GRANDE DO NORTE

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-upAqui o funcionário público não recebe em dia, nem muito menos 13° e estamos quase 14 anos sem concurso para a Polícia Militar do RN. Além disso, como "prêmio" foi retirado um dia de folga dos Policiais Militares que estão nos verdadeiros combates nas ruas diariamente.

Enquanto isso pessoas de bem e policiais morrem no RN ao mesmo tempo que muitos estão atrás de birôs e gordas repartições conjecturando algo que não vivem na realidade.

Um casal vem de férias de Santa Catarina e acontece isso tudo que todos nós sabemos.
A parte que ainda presta do povo potiguar e os Policiais e Bombeiros Militares não aguentam mais tanto descaso.

Quem puxou esse gatilho da Policial Caroline e de tantos outros casos foi um governo omisso e covarde que não tem nenhum sentido.

Nosso Judiciário também nos envergonha com as audiências de custódias e com o excesso de benevolência com indivíduos maus, exterminadores de sonhos, que agem contra as pessoas e policiais do RN que lutam pelo pão de cada dia, esses bandidos travestidos de políticos e operadores do direito estão protegendo os criminosos que deveriam estar atrás das grades longe do convívio social.

Criminosos fazem inúmeras famílias chorarem de dor mês após mês no RN.

Até quando vamos ter Audiência de Custódia?
Até quando vamos ter um Judiciário que só se preocupa com alguns casos e deixa o cotidiano ficar desgovernado desse jeito?
Até quando vamos ver esse governo ridículo tomar decisões imbecis sem fazermos nada?

Como tem cabimento acontecer aquilo com o casal de Policias Militares de Santa Catarina que estavam de férias em Natal?

Agora são oito (08) o número de Policiais Militares mortos só este ano no RN.

Quem puxou esse gatilho foi só os bandidos que a mataram?

Sendo assim, é urgente que os responsáveis pelas tomadas de decisões, tomem medidas efetivas voltadas para a atividade fim da Polícia Militar, caso contrário estarão também com as mãos manchadas de sangue dos operadores de segurança pública que tombam todos os meses devido as omissões diárias do governo.

Quando é que vamos desafogar o Centro Administrativo, Assembleia, Tribunais e Batalhões com inúmeros policiais sem fazer jus a atividade fim da Polícia Militar?

Até quando os Policiais que estão na rua ficarão escravizados por outros que nada fazem ou que só procuram benefícios para si ou para outrem?

Será que os "grandes pensadores estrategistas" não enxergam que está tudo errado?

Quando é que esse Estado que se encontra ridicularmente olhando tudo acontecer vai criar um efetivo combate integrado aos crimes contra agentes da segurança pública ou no mínimo colocar a maior parte do efetivo policial nas ruas do RN?

Você que está escondido no "bem bom" atrás de um birô fazendo nada, essas mortes e todo esse sangue decorrem também da sua omissão.

Os Policiais e Bombeiros Militares, em especial os Praças que estão diariamente nas ruas que enfrentam os bandidos frente à frente e fazem o trabalho ostensivo, estão abandonados pelo Estado do RN.

Quando morre um operador da segurança pública, morre a cidadania, morre a família inteira, filhos, pais, avós, morre os amigos e as pessoas por perto devido ao desgosto e a tristeza que se espalha.

Ninguém trará o pai, o avô, o filho, o esposo ou a esposa, ninguém trará a Policial Caroline de Santa Catarina de volta mais podemos evitar que mortes como essas se multipliquem em todo o Estado do RN.

#CHEGA DE TANTAS MORTES DE POLICIAIS MILITARES NO RIO GRANDE DO NORTE*

#GOVERNO DO RN, JUSTIÇA DO RN E OMISSOS DE TODO O ESTADO, PAREM DE PUXAR ESSE GATILHO

A imagem pode conter: 1 pessoa

A imagem pode conter: 1 pessoa

Na Ficha da Polícia