. populares img:hover{ -ms-transform: rotate(-10deg); -webkit-transform: rotate(-10deg); -moz-transform: rotate(-10deg); -o-transform: rotate(-10deg); transform: rotate(-10deg);}
Ultimas

O PASSADO PELO PRESENTE

PROVEDOR DE INTERNET

segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Delegado aponta indícios de estupro de mulher morta em Marcelino Vieira RN


A autoria do assassinato de Josefa Benuza de Oliveira, (NÚBIA) de 47 anos, segue um mistério. A Polícia Civil acredita que a vítima foi estuprada antes de ser executada com pedradas na cabeça no sábado (14), no município de Marcelino Vieira, região do Alto Oeste potiguar.

Segundo o delegado de Plantão, Aroldo Sales, pelas características do local do crime, a vítima deve ter sido estuprada antes de ser assassinada. No entanto, é necessário laudo da perícia criminal para confirmar a suspeita.

“Pelas condições que o corpo estava acreditamos que ela tenha sido abusada sexualmente antes de ser morta”, disse o delegado.

Ainda na tarde do sábado, um homem foi ouvido na Delegacia de Polícia de Marcelino Vieira. Ele se apresentou com o advogado. Aroldo explicou que ele foi chamado para depoimento porque foi visto por populares no local do crime antes do corpo ser encontrado.

“Ele foi visto no local. Já se apresentou com o advogado para depor”, relatou.

Aroldo disse que já possui linhas de investigação. Ele já conversou com familiares, que segundo ele, tiveram dificuldade até para reconhecer a vítima pois seus rosto estava muito machucado.

“Falamos com uma sobrinha da vítima, que viu ela por volta de 3 horas da madrugada numa festa, ela teria sido a última a ver a vítima”, disse.

O crime causou grande comoção no município. Não há suspeito para o crime.

O caso seguirá sendo investigado pela delegado titular de Marcelino Vieira,  Bel. Paulo Cesário.

Por Redação via MH

Nenhum comentário:

Postar um comentário