. populares img:hover{ -ms-transform: rotate(-10deg); -webkit-transform: rotate(-10deg); -moz-transform: rotate(-10deg); -o-transform: rotate(-10deg); transform: rotate(-10deg);}
Ultimas

O PASSADO PELO PRESENTE

PROVEDOR DE INTERNET

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Com patrimônio de 1,54 milhão o vereador presidente da câmara de Marcelino Vieira recebia Bolsa Família até 2015



Com patrimônio declarado a Justiça Eleitoral de 1,54 milhão, o presidente da câmara municipal de Marcelino Vieira, vereador Aurivones Alves do Nascimento, PP, recebeu Bolsa Família de 2008 a 2015, em nome da esposa Laudeni Firmino da Silva.

A informação foi levada ao público na sessão da câmara municipal de Marcelino Vieira no dia 16 passado, pela secretária Débora Paiva, da Assistência Social, quando na ocasião ela explicava aos vereadores as mudanças no programa do leite.

Ao chegar as informações o Jornal descobriu que a mulher do vereador, Laudeni Firmino, que na época morava na cidade de Tenente Ananias, recebia o benefício desde de 2008. Nesse período o vereador Aurivones Alves era auxiliar de escritório, tinha casa e carro.

Nos dados declarados ao TSE, o Jornal descobriu que Aurivones Alves saiu candidato a vice-prefeito em 2008, declarou ter emprego de auxiliar de escritório e patrimônio de 80 mil. Em 2011 abriu uma empresa em nome da esposa Laudeni Firmino da Silva Alves, com CNPJ 14. 716.002.0001-96.

Os negócios do casal Aurivones Nascimento e Laudeni Firmino tiveram um crescimento espetacular em oito anos. Saltou de 80 mil em 2008 para 1,54 milhão em 2016 segundo declarações do TSE. O que configura que o casal viveu nesse período e vive atualmente muito bem financeiramente, ao contrario de muitas famílias humildes de Tenente Ananias que deixaram de receber o benefício nesse mesmo período.

No período de 2008 a 2015 o vereador presidente da câmara e sua esposa Laudeni Firmino receberam R$ 9. 647 reais do programa Bolsa Família, do município vizinho de Tenente Ananias, que tem população de 10.731 habitantes conforme IBGE 2016.

As informações foram confirmadas nos órgãos oficiais.


As informações serão repassadas ao Ministério Publico Federal e ao Ministério Publico Estadual, para que o caso seja apurado e sejam adotadas providencias cabíveis ao caso.

Estamos aguardando o vereador Aurivones Alves do Nascimento se pronunciar a respeito do caso exposto.


As Informações são do Jornal Mossoró Hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário