. populares img:hover{ -ms-transform: rotate(-10deg); -webkit-transform: rotate(-10deg); -moz-transform: rotate(-10deg); -o-transform: rotate(-10deg); transform: rotate(-10deg);}
Ultimas

O PASSADO PELO PRESENTE

PROVEDOR DE INTERNET

domingo, 17 de setembro de 2017

MARCELINO VIEIRA RN: Casal faz doações de alimentos e roupinhas para família carente com 4 crianças na zona rural de Uiraúna PB



O casal Henrique e Amanda, ambos da cidade de Marcelino Vieira, na região do Alto Oeste Potiguar, utilizou-se deste dia (17), para praticar uma boa ação em pleno domingo. O casal ficou comovido com as condições em que um casal vive com seus 4 filhinhos em uma casa de taipa, na zona rural da cidade de Uiraúna, região paraibana, e resolveram arrecadar alimentos, roupinhas e fraudas para doação.



A situação do casal foi mostrada em nosso Portal de Notícias, quando de imediato, o casal tomou a iniciativa de fazer algo para amenizar o sofrimento dessa família. 


Uiraúna é um município brasileiro no estado da Paraíba, localizado na microrregião de Cajazeiras. Está distante 476 quilômetros de João Pessoa, a capital do estado. Sua fundação ocorreu em 2 de dezembro de 1953. Uiraúna polariza 4 municípios: Poço Dantas, Bernardino Batista, Joca Claudino e Poço de José de Moura[11].




Conhecida como a Terra dos Músicos, Sacerdotes e Médicos, devido a forte vocação dos munícipes nessas profissões. Uiraúna é um dos principais municípios do Alto Sertão Paraibano devido seu comércio ativo e sua localização privilegiada, sendo uma das mais importantes rotas de ligação entre diversas microrregiões da Paraíba com o estado do Rio Grande do Norte e Ceará.


Vamos enveredar a partir de agora, pela zona rural desta pacata cidade, pelas estradas de vicinais, seguiremos para o sítio Siriema, mais ou menos 2 km de distância da zona urbana. É lá que iremos conhecer o sofrimento do casal Messias Daniel e Joseane Martins. Vamos la!

Cerca de 800 mil famílias ainda vivem em casas de taipa, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE 2014). As casas de taipa têm paredes de barro, sustentadas por estacas e não oferecem condições adequadas de moradia, segundo arquitetos. No interior do Ceará e Região Metropolitana de Fortaleza, as casas de taipa ainda são comuns.

Algumas casas de taipa perduram por gerações na mesma família, mas elas são inseguras e correm risco de desabar em período de chuva ou vento forte. Em Uiraúna Paraíba, sítio Siriema,  o casal Messias Daniel  27 anos, e Joseane Martins, 21 anos moram a mais de 7 anos com mais 4 crianças, inclusive uma recém nascida. É uma realidade verídica e o nosso Portal de Notícias esteve lá e presenciou a veracidade dos fatos.

O sofrimento dessa família nos comoveu muito, passamos mais de 2h ouvindo, vendo e  sentindo o que é a vida de uma família em uma casa prestes a cair, desabar e destruir um lar. A casa de taipa está totalmente sem estrutura, não tem condições nenhuma de nem um animal morar, quanto mais uma família com crianças.
Sentimos muita compaixão e ao mesmo tempo nos angustiamos por tal situação, e nos perguntamos do por quê? Onde estão as autoridades? Onde está o gestor deste município?  São dezenas de questionamentos que gostaríamos de fazer para que toda sociedade saiba tudo. Não estamos aqui nem exagerando nem muito menos manipulando uma VERDADE, fomos la, e somos testemunhas que a família é pobre, não tem condições de ficar morando numa casa de taipa que está comprometendo a vida dessas crianças inocentes e indefesas. Cruel.
Na casa de taipa moram 6 pessoas são elas: Messias (pai); Joseane (mãe); Gabriel de apenas 6 anos; Pedro Lucas, 2 anos; Ezequiel 1 ano e Moisés  de apenas 13 dias de nascimento.  O Messias é um homem de bem, trabalhador, apesar de já ter sofrido bastante na vida. "Eu era muito doente tinha o síndrome  de Pânico, tinha medo de sair para algum lugar, porque eu ficava pensando nas coisas que faltavam para meus filhos, daí eu impressionava na minha cabeça e acabava ficando doente. Hoje estou bem melhor, graças à Deus". Disse Messias Daniel.
Perguntamos para o Messias se ele tinha esperança de morar em uma casa digna, ter sua casa própria, ele respondeu: "Tenho Fé em Deus que um dia vou ter a minha casa, e vou poder morar sossegado, por que só sabe o que é sofrimento é quem mora num canto deste. Acredito que Deus vai tocar no coração de uma pessoa boa para me ajudar a construir a casa de meus sonhos".
Já cadastrei meu nome na Prefeitura faz anos, mas até agora não tive nenhuma resposta, ninguém fala nada, ninguém passa esperança, existe só promessas. Essa é a realidade. Disse Messias.
Enquanto ele falava do seu sofrimento, em nossos olhos, brilhavam de lágrimas, nossos olhos não deram tréguas, vieram sem avisar e tomou conta da gente. Henrique sem poder mais falar sentou-se e o seu silêncio disse tudo... sem palavras, sinto muito, por tudo isso...

Uma palavra que mais me tocou foi quando ele disse:

" Deus coloca as pessoas de BEM para nos ajudar, e o seu projeto já começou através de vocês vindo de Marcelino Vieira até a minha casinha; olhe, esse é o maior TESTEMUNHO que eu já tive na minha vida. Deus olha pra mim e me ajuda. Muito obrigado pelo o que vocês estão fazendo por mim e meus filhos Deus abençoe vocês". Disse Messias.
As horas se passavam e a Amanda estava lá dentro ajudando a Joseane a organizar as coisas. Pouco a pouco, já vi a Amanda com o recém nascido nos braços, segurando, beijando, cheirando, foi um dos gestos mais lindos que eu já vi durante a minha vida. Senti o carinho, o amor, a ternura e a alegria dela poder estar ali compartilhando também desse sofrimento que em breve será um momento de VITÓRIA de alegria para todos nós. Henrique não se intimidou e também chegou a colocar aquela criancinha em seus braços, o tempo foi capaz de nos dizer que Deus coloca pessoas, anjos em nossas vidas através desses momentos, não importa o dia, o lugar nem a hora. Tudo acontece no TEMPO DE DEUS.  São coisas da vida. O milagre está dentro de nós.

Eu, discretamente iniciei a seção de fotos na parte externa de onde estávamos e como QUEM não quer nada, fui copiando e registrando cada detalhe , cada coisa para trazer até a sua tela esse FATO REAL, que merece toda a nossa SOLIDARIEDADE e RESPEITO.  É lamentável a vida desse casal. Por isso, queremos aqui primeiro agradecer à Deus por essa ocasião que eu considero um PLANO DE DEUS. Segundo, agradecer ao casal HENRIQUE E AMANDA. O gesto de vocês foi e continuará sendo um TESTEMUNHO DE VIDA, um exemplo a ser seguido. A atitude de fazer o bem sem olhar a quem; o amor para com o próximo como ensinamento para a nossa vida no sentido de ajudar; o dia de amanhã pertence à Deus; Em fazer sem esperar a recompensa porque Deus dá a cada um conforme o que merece. Parabéns por tudo, pela iniciativa. Deus os abençoe.

"Já sonhei várias vezes a casa caindo", disse Joseane.
Sentimos que cada palavra que aqui colocamos, vai tocar no seu coração e você meu amigo e minha amiga, o que têm a dizer sobre essa frase acima de uma mãe de 6 criancinhas? Você que é mãe, se coloca no lugar dela? Você tem tempo para tudo? Se tem, vamos visitar essa família? Gostaria de poder contar com a sua visita...
Não dormiremos nesta noite, porque essa frase me deixou sem chão, sem tempo e sem espaço. É muito difícil meus amigos ter que viver uma vida dessa. Saber que vai anoitecer e não ter garantia de nada, se vai acordar bem, se vai tomar o seu café, e depois dá de comida as criancinhas... Sentimos muito. 

Queremos pedir as autoridades providências. Queremos pedir a Rádio Mais FM na pessoa de Evaldo Montes e Raphael Matias, que usem os microfones dessa rádio para agilizar e cobrar do poder público URGÊNCIA no caso dessa família. Assim esperamos...

Estamos encerrando apenas o PRIMEIRO CAPÍTULO dessa matéria, estaremos acompanhando passo a passo a vida dessa família, desse casal. Nosso Portal de Notícias não irá se acomodar, vamos priorizar esse caso e levar para o maior número de pessoas. Porque nossa intenção é ajudar a quem precisa!Se você se comoveu com essa história, compartilha, divulga, anuncia, porque é uma REALIDADE verdadeira. 

Ressaltando: O Messias Daniel ele trabalha com reciclagem. Entenda o caso: primeiro, ele vai ao lixo, faz a seleção dos produtos recicláveis  e recolhe para sua residência; segue trabalhando muito para conseguir algum dinheiro; muitas vezes é pouco o que ele arrecada, o mesmo nos falou que tem meses, que é muito complicado.

  
Acompanhe as fotos:





























NOTA DA REDAÇÃO: Repudiamos um vídeo de um pessoa da cidade de Pau dos Ferros que está circulando nas redes sociais, onde o mesmo, em sua fala diz que a família não precisa de ajuda, nem de receber nada, porque os mesmos tem duas motos, tv plasma e que já estão prestes a ganhar uma casa. Se você não quer ajudar com uma boa fé e de coração não atrapalhe, pois quem é do BEM faz o BEM  sem olhar a quem. Faça a sua parte e não fique difamando e denegrindo a imagem dessa família pobre que por sinal, vem sofrendo muito. Respeite! Falta de ética e humanidade  

Nenhum comentário:

Postar um comentário