. populares img:hover{ -ms-transform: rotate(-10deg); -webkit-transform: rotate(-10deg); -moz-transform: rotate(-10deg); -o-transform: rotate(-10deg); transform: rotate(-10deg);}
Ultimas

O PASSADO PELO PRESENTE

PROVEDOR DE INTERNET

terça-feira, 25 de julho de 2017

Divisão de Homicídios recaptura foragido da Cadeia Pública de Mossoró.

MOSSORÓ - RN

Agentes da Divisão de Homicídios de Mossoró, com o apoio do Grupo Tático Operacional de Jardim de Piranhas, prenderam no início da tarde de hoje, 25 de julho, Alysson Kleyton Dantas de Oliveira, de 23 anos de idade, residente no bairro Santo Antônio em Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte.

Alysson Kleyton, foi condenado á 69 anos de prisão por envolvimento numa ocorrência com duas pessoas mortas e outras duas baleadas, no ano de 2013, no bairro Santo Antônio em Mossoró.

Alysson, estava trabalhando como Agricultor numa fazenda, usando o nome de Antônio e sua localização foi um trabalho de investigação feito pelo Serviço de Inteligência da Policia Civil do Rio Grande do Norte.

Na tarde de hoje, quando os agentes da Divisão de Homicídios de Mossoró, chegaram na fazenda, Alysson estava no curral e não teve tempo de reagir a voz de prisão. Ele ainda tentou esconder o nome, mas depois de reconhecido pelos agentes, confessou sua verdadeira identidade.

Nem a mulher com quem ele estava convivendo, sabia seu verdadeiro nome e nem sua periculosidade.

Ocorrência em 2013:

Alysson Kleyton Dantas de Oliveira, confessou na polícia que estava sendo ameaçado de morte, por Jeferson Vieira Lopes, na época com 16 anos de idade, mas resolveu agir primeiro. Ele disse que foi numa residência, onde Jefinho se encontrava, no bairro Barrocas, para mata-lo e ele teria reagido atirando.

Durante o confronto, o comerciante, João Maria da Silva, na época com 47 anos de idade foi atingido e morreu no local. Deyse Kelly Felix da Silva, na época com 2 anos e 4 meses, sofreu um disparo na perna e morreu dois dias depois, na Unidade de Pronto Atendimento do bairro Santo Antônio, quando procurava atendimento médico.

Jeferson Vieira Lopes, “Jefinho” que seria o alvo do assassino e o estudante de 17 anos, Gabriel Cosme da Silva Oliveira.

Alysson Kleyton foi condenado pelo Tribunal do Júri Popular há 69 anos de prisão, mas antes mesmo de ser transferido para o regime fechado da Penitenciária Mário Negócio, ele fugiu.

No final da tarde de hoje, a equipe da “DHPP”, comandada pelos delegados Rafael Arraes e Liana Aragão, apresentou Alysson Kleyton a imprensa de Mossoró e ele já foi encaminhado para o Complexo Penal Mario Negócio.

O Câmera

Nenhum comentário:

Postar um comentário