. populares img:hover{ -ms-transform: rotate(-10deg); -webkit-transform: rotate(-10deg); -moz-transform: rotate(-10deg); -o-transform: rotate(-10deg); transform: rotate(-10deg);}
Ultimas

O PASSADO PELO PRESENTE

PROVEDOR DE INTERNET

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Família de Cajazeiras pede justiça pela morte de comerciante

O Juiz da 1ª Vara de Sousa, José Normando Fernandes pronunciou em decisão nessa segunda-feira (8), que os réus Maria do Socorro de Sousa, Francisca Bezerra Coura, Maria Lúcia de Abreu dos Santos, Raimundo Guilherme dos Santos e José Adriano Ferreira Sousa, além dos acusados José Aldemir Bezerra e Raimundo Afonso de Carvalho serão levados a julgamento pelo Tribunal do Júri.
As acusações que pesam contra eles são de homicídio qualificado e associação criminosa, que terminou com a morte da comerciante cajazeirense Maria de Fátima Siebra de Andrade, através de emboscada em outubro de 2012, na saída de Nazarezinho sentido São Gonçalo, no município de Sousa.
Ainda segundo a decisão, os réus e acusados podem recorrer da decisão em liberdade. 

No ano de 2015, a família da comerciante participou de uma reportagem do Diário do Sertão e pediu Justiça para o crime, que ocorreu há quase cinco anos. Assista a reportagem com as filhas e o esposo da vítima.





Entenda
No dia 13 de outubro de 2012, a comerciante Maria de Fátima Siebra de Andrade foi assassinada a tiros quando retornava da feira livre da cidade de Nazarezinho, onde vendia confecções. Ela estava na companhia do marido, que conseguiu escapar com vida.

Fonte: Notícias ao Minuto