. populares img:hover{ -ms-transform: rotate(-10deg); -webkit-transform: rotate(-10deg); -moz-transform: rotate(-10deg); -o-transform: rotate(-10deg); transform: rotate(-10deg);}
Ultimas

O PASSADO PELO PRESENTE

PROVEDOR DE INTERNET

sexta-feira, 7 de abril de 2017

VERGONHA! NÓS SÓ QUEREMOS TRABALHAR, DIZ CONCURSADOS EM PAU DOS FERROS. CONFIRA

APELO, REVOLTA, FALTA DE COMPROMISSO, MARCAM MANIFESTAÇÃO NA CÂMARA DE PAU DOS FERROS



Começou mais um episódio, cheio de revolta e insatisfação, por parte dos concursados de Pau dos Ferros – RN. Eles brigam na justiça pelo direito ao trabalho, já que o prefeito Leonardo Rêgo (DEM) não cumpriu o que havia prometido e contrariou a decisão da Justiça. Relembre.
Dessa vez o cenário que sucedeu o apelo dos concursados foi à câmara municipal de vereadores na tarde de ontem (06), porém, infelizmente, a grande maioria dos vereadores se preocupam mais com ‘pintar meio-fios’ e ‘cortar árvores’.
Em pequeno grupo com faixas e mensagens eles se manifestavam na sede do legislativo municipal, em busca do apoio dos vereadores. Uma tentativa sem êxito.
Indignado com a situação, Ipojucan Fontes, um dos aprovados, rasgou o verbo na sua página do Facebook, com um desabafo às 21h e 28min.
De acordo com ele, já no início da sessão o presidente da casa, Eraldo Alves (PSD) se negou a ajudar.
 “escutamos do Presidente da Câmara, Eraldo Alves, dizer que eles não podem fazer nada, pois esse assunto é Jurídico”, diz o texto.
Ele fez um comparativo da atuação dos parlamentares sobre importância dada ao assunto, por parte de alguns legisladores.
“Gostaria que esse assunto tivesse a importância de uma ‘poda de árvore’, afinal houve um embate de quase meia hora sobre esse assunto hoje. Salvo alguns, infelizmente é isso que temos como representantes, uma cambada de vereadores preocupado com o ‘cortar árvores’ e  ‘pintar meio-fio’, disse ele.
Ainda conforme o internauta, o prefeito Leonardo afirmou que o município não tinha condições financeiras para lotar os concursados, mas tem dinheiro para realizar outro concurso e os vereadores aprovam.
“E para que fique bem claro, o Prefeito alegou não ter orçamento disponível para custear os 73 concursados, que totaliza menos de R$80.000/mês. Mas, ao mesmo tempo, abre um Processo Seletivo onde irá disponibilizar mais de R$60.000,00 para apenas 7 profissionais e de uma única categoria profissional. Aí os vereadores vão lá e aprovam, sem pensar no âmbito geral e pelo jeito, com receio de desagradar o dito cujo. SANTA PACIÊNCIA!!!”, falou Ipojucan exaltado.
O concurseiro finalizou dizendo que os vereadores precisam honrar o mandato e lembrar dos deveres.
“Honrem o mandato de vocês e trabalhem dignamente, fazendo o que deve ser feito. Não se omitam, pois quanto mais se escondem mais a sociedade lhes expõem”, concluiu.
Vários internautas aproveitaram para externar solidariedade a Ipojucan Fontes nos comentários da página, além de criticar o posicionamento do chefe do executivo e a atitude omissa dos vereadores.
Os parlamentares Sargento Monteiro e Hugo Alexandre foram favoráveis a causa desde o começo, segundo o próprio Sargento Monteiro.
* Folha Regional