. populares img:hover{ -ms-transform: rotate(-10deg); -webkit-transform: rotate(-10deg); -moz-transform: rotate(-10deg); -o-transform: rotate(-10deg); transform: rotate(-10deg);}
Ultimas

O PASSADO PELO PRESENTE

PROVEDOR DE INTERNET

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

AS AMEAÇAS NO PRESÍDIO DE ALCAÇUZ NO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

Presos retomam controle de Alcaçuz, voltam a trocar ameaças.

 Resultado de imagem para presos em alcaçuz

Os presos da penitenciária estadual de Alcaçuz voltaram a trocar amaças e o clima é tenso na unidade prisional. Com pedaços de pau e bandeiras identificando facções criminosas, os presidiários voltaram aos telhados de pavilhões e há intensa movimentação dentro do presídio. Não há, porém, a presença de agentes ou policiais dentro do presídio na manhã desta segunda-feira (16).

De fora da unidade, policiais da Força Nacional e da Polícia Militar aguardavam a chegada do Grupo de Operações Especiais (GOE), formado por agentes penitenciárias, para iniciar a revista nos pavilhões.

Contudo, com o motim na Cadeia Pública de Natal, os policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) permaneceram fora da unidade aguardando presença dos agentes. Com o passar das horas, os presos voltaram a trocar ameaças intensas e o clima ficou tenso, MAIS UMA VEZ.

No topo do pavilhão 5, onde estão os detentos ligados ao PCC, presos empunham uma bandeira de facção sobre o telhado, e com pedaços de pau, trocam ameaças com outros detentos. Por outro lado, há presos também no topo do pavilhão 3 e 1, respondendo às ameaças.
Familiares dos presos estão na área externa e ainda não está definido quando haverá a intervenção da Polícias e de agentes para que o Estado retome o controle da unidade.