. populares img:hover{ -ms-transform: rotate(-10deg); -webkit-transform: rotate(-10deg); -moz-transform: rotate(-10deg); -o-transform: rotate(-10deg); transform: rotate(-10deg);}
Ultimas

O PASSADO PELO PRESENTE

PROVEDOR DE INTERNET

sábado, 7 de maio de 2016



Operação Polícia sem Fronteiras prende foragido da justiça no estado do Espírito Santo


Uma investigação da equipe de Polícia Civil de Marcelino Vieira, com o apoio dos Núcleos de Inteligência da Polícia Civil dos estados do Rio Grande do Norte e do Espírito Santo e da Delegacia Especializada em Capturas e Polinter do ES (Decap), deflagrou a Operação Polícia sem Fronteiras e capturou o foragido da justiça Franscisco Acaciano do Nascimento, vulgo “Fateta”, 39 anos, nesta sexta-feira (06), em Viana, no estado do Espírito Santo. O nome da operação faz alusão ao trabalho conjunto das Polícias Civis do RN e do ES, evidenciando que o combate ao crime vai muito além dos limites territoriais de suas regiões.
Franscisco é suspeito de no dia 10 de dezembro de 2015, assassinar a queima roupa Renato de Oliveira Diniz, conhecido por “Renato de João Moisés”, com quatro disparos de arma de fogo, em um bar na praça central de Marcelino Vieira. O suspeito foi preso em decorrência de um mandado de prisão preventiva. De acordo com o delegado de Marcelino Vieira, Paulo Cesário, essa prisão mostra o quanto a Polícia Civil é incansável no combate a impunidade, com destaque a importância da integração entre as unidades da federação no combate à violência.
Durante a operação, as equipes de Polícia Civil de Marcelino Vieira, Alexandria, e Pau dos Ferros, cumpriram mandados de busca na cidade de Marcelino Vieira, com o intuito de localizar a arma utilizada no crime, conseguindo apreender a mesma na manhã de hoje (06) em Marcelino Vieira. Nas buscas, a polícia prendeu João Jocival da Silva, por posse ilegal de munição de uso permitido. Fateta será encaminhado para o sistema prisional do estado do Rio Grande do Norte, onde ficará a disposição da justiça.

·        * Polícia Civil

Nenhum comentário:

Postar um comentário