. populares img:hover{ -ms-transform: rotate(-10deg); -webkit-transform: rotate(-10deg); -moz-transform: rotate(-10deg); -o-transform: rotate(-10deg); transform: rotate(-10deg);}
Ultimas

O PASSADO PELO PRESENTE

PROVEDOR DE INTERNET

quinta-feira, 24 de março de 2016

ABSURDO. ATÉ QUE PONTO CHEGAMOS?

Baraúna: Assaltantes roubam 5 litros de uísque e atiram na cabeça de comerciante

Foto: Ismael Sous

O comerciante Jaime Soares da Câmara, de 58 anos, foi alvejado com um tiro na cabeça por volta das 15h desta quinta-feira (24), durante assalto em um posto de combustíveis, no município de Baraúna, região Oeste potiguar. Os criminosos levaram 5 litros de uísque num saco de botar cebola e uma quantia em dinheiro, segundo a Policia, insignificante, da Loja conveniência do posto.
A vítima, que perdeu muito sangue pelo ferimento do tiro perto da orelha direita, foi transferida do Hospital de Baraúna para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em Mossoró, e já seguiu para o Hospital Wilson Rosado, onde realizará uma tomografia ainda na tarde de hoje. O HRTM continua sem tomógrafo. Depois retorna para iniciar o tratamento no HRTM.

De acordo com o Sargento Gutierrez, dois homens em uma motocicleta, aparentemente bem vestidos (um de camisa rosa e outro de camisa vermelha), chegaram no posto e anunciaram o assalto. “Eles mandaram o pessoal que trabalha no posto entrar no centro de conveniência e só levaram 5 litros de uísque num saco de cebola e um pouco de dinheiro”, informa o PM.

Comerciante foi transferido para o Hospital Wilson Rosado para realização de tomografia
O PM confirma que Jaime Soares estava chegando ao posto para abastecer e falar com o filho dele, que é frentista, quando o assalto estava acontecendo. Ele se assustou com a ação dos criminosos, que atiraram na vítima.
O comerciante, que trabalha na cidade com venda de peixes, foi levado para o Hospital de Baraúna e em seguida transferido para Mossoró. Ele sofreu um tiro de raspão no rosto e não corre risco de vida.
O sargento informou que foram realizadas buscas na cidade e redondezas, mas nenhum suspeito foi encontrado até então. As informações dos assaltantes foram repassadas para a Policia Militar de Mossoró.

Problema

Os pacientes sofrem com inúmeros problemas no maior centro de urgência e emergência da região Oeste. Testemunhas afirmam que os pacientes aguardam as ambulâncias nos corredores do hospital para serem transferidos para o Hospital Wilson Rosado, onde são submetidas aos exames exigidos pelos médicos. Em seguida são transferidas de volta.

O problema se deve pela falta de um tomógrafo que está desde novembro do ano passado sem poder ser utilizado, uma vez que sua vida útil chegou ao fim. "É muito desrespeito com a população, pois muitos pacientes, inclusive idosos, esperam nos corredores quentes e sem atenção devida dos profissionais", reclama a aposentada Maria Elizaneide Pereira, que acompanha um parente internado no hospital.

Mossoro Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário