. populares img:hover{ -ms-transform: rotate(-10deg); -webkit-transform: rotate(-10deg); -moz-transform: rotate(-10deg); -o-transform: rotate(-10deg); transform: rotate(-10deg);}
Ultimas

O PASSADO PELO PRESENTE

PROVEDOR DE INTERNET

domingo, 17 de janeiro de 2016

BREJO DOS SANTOS PB: Professores ameaçam não entrar em sala de aula.

Por Falta de Pagamento Professores de Brejo dos Santos Ameaçam não Entrar em Sala de Aula 

O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Brejo dos Santos-PB Professor Josean Ferreira disse recentemente que os professores do município podem não adentrar as salas de aula se não for regularizado o pagamento dos vencimentos por parte da gestão municipal.
 
“Caso não seja regularizado antes do ano letivo, a gente inicia o ano letivo fora das salas de aula”, disse Josean após uma reunião realizada semana com a categoria, “isso foi cogitado, isso foi falado, comentado pelos professores que estiveram presentes na reunião”.
Josean Ferreira disse que tudo vai ser decidido em outra reunião, mantendo a fé que a situação seja resolvida pela gestão municipal.
“Tenho fé que o senhor prefeito, use do consenso e efetue o nosso pagamento e que não venha mais atrasá-lo”.
 
O Professor Josean Ferreira ainda disse que a larga folha de contrato na Prefeitura de Brejo dos Santos inviabiliza o serviço público, penalizando assim os servidores efetivos.
Professor Josean Ferreira falou que o problema dos atrasos não era aporte financeiro e sim irresponsabilidade, incapacidade de gestão, citando valores recebidos pelo município, “com todos os monstros que existe na folha de pagamento do nosso município, a nossa folha chega a R$ 5330 mil reais, e no mês de outubro nós tivemos mais de R$900 mil reais de aporte financeiro, no mês de novembro, nós tivemos de R$ 970 mil no mês de dezembro, nós tivemos R$1.550 mil de aporte financeiro, então o problema não foi queda de repasse”, Josean ainda falou na superação de repasse do FUNDEB.
 
Professor Josean Ferreira ainda citou atrasos nos salários dos prestadores de serviço do município, que segundo ele chegou a quatro meses de atrasos em alguns casos.
 ________________________________
Fonte:
Domício Filho-Panorama Notícias.Net