. populares img:hover{ -ms-transform: rotate(-10deg); -webkit-transform: rotate(-10deg); -moz-transform: rotate(-10deg); -o-transform: rotate(-10deg); transform: rotate(-10deg);}
Ultimas

O PASSADO PELO PRESENTE

PROVEDOR DE INTERNET

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Parte duplicada da ponte na BR-304 está liberada para tráfego

Trecho entre a BR-304 e avenida Alberto Maranhão interditado para serviços - Cacau
A parte duplicada da ponte sobre a Barragem do Genésio, na BR-304, está liberada provisoriamente para o tráfego de veículos. No entanto, o trânsito está sendo feito somente em uma via, já que a camada asfáltica ainda está sendo trabalhada. Segundo o superintendente da Secretaria de Estado da Infraestrutura (SIN) em Mossoró, engenheiro Yuri Alexandre, a ponte será novamente interditada nos próximos dias.
"Estamos fazendo uma fase de testes, assim como foi feito com o viaduto quatro, na saída para Apodi. Ainda precisa ser colocada a sinalização para a liberação total do trecho. Na próxima semana, fecharemos a data para que a nova parte da ponte seja aberta definitivamente para o tráfego, assim como o viaduto um, no conjunto Santa Delmira", explica o engenheiro.
Outra mudança no trânsito com relação ao Complexo Viário da Abolição foi o fechamento da avenida Alberto Maranhão para a RN-117. Agora, os motoristas precisam fazer o retorno pela BR-304. "O fechamento também é provisório porque serão colocadas barreiras de concreto para evitar o tráfego pelo local", esclarece Yuri Alexandre.
O Complexo Viário da Abolição prevê a construção de cinco viadutos e a duplicação e reestruturação de 17 quilômetros do contorno da BR-304. A previsão do Governo do Estado é concluir todo o serviço em março de 2014.
Dos cinco viadutos, apenas um foi concluído e liberado
Até agora, dos cinco viadutos, somente o de número quatro, no cruzamento da BR-304 com a BR-405, foi concluído e liberado. O viaduto cinco, localizado na saída para o município do Natal, foi concluído, mas não foi liberado em virtude da necessidade de um ajuste feito pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).
Os demais viadutos seguem em obras, sendo o de número um no conjunto Santa Delmira, o dois entre os conjuntos Abolição II e III e o três no prolongamento da avenida João da Escóssia. Também foi praticamente concluída e liberada a duplicação dos 17 quilômetros da BR-304.
As obras do Complexo Viário da Abolição foram iniciadas em janeiro de 2010 e agora têm previsão para ser entregues em março de 2014. O serviço, que faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), está orçado em R$ 72 milhões, oriundos dos governos federal e estadual.

Nenhum comentário:

Postar um comentário