. populares img:hover{ -ms-transform: rotate(-10deg); -webkit-transform: rotate(-10deg); -moz-transform: rotate(-10deg); -o-transform: rotate(-10deg); transform: rotate(-10deg);}
Ultimas

O PASSADO PELO PRESENTE

PROVEDOR DE INTERNET

sábado, 30 de novembro de 2013

Campanha Novembro Azul termina hoje com balanço positivo de especialistas

A campanha de prevenção e promoção de ações no combate ao câncer de próstata Novembro Azul chega ao fim hoje. Durante os 30 dias do mês de novembro, a campanha promoveu discussões sobre a saúde masculina e a necessidade de vigilância da doença que vitima anualmente 12 mil homens em todo o país.
De acordo com dados do Centro de Oncologia e Hematologia de Mossoró (COHM), no ano de 2012, foram diagnosticados 37 novos casos de câncer de próstata na cidade, com 12 mortes registradas. No Rio Grande do Norte, o número de novos casos foi de 740, ou de 46,98 para cada 100 mil homens.
Até julho deste ano, 35 novos casos de câncer de próstata já haviam sido diagnosticados em Mossoró, número alto, mas que para médicos e especialistas representa muito mais uma mudança de perfil do homem do que um aumento perigoso. De acordo com o dr. Tarcísio Lucena, urologista especialista em câncer de próstata, esse número pode ser visto como um indicativo de que campanhas como o Novembro Azul dão certo.
"O que justifica esse número, esse crescimento tão alto, a meu ver, é um quadro maior de procura aos médicos. Muitos homens sempre preferiram não procurar tratamento e nem prevenção à doença, em geral por preconceitos e tradições, porém esse paradigma tem caído, tem mudado. Acredito que este ano teremos mais diagnósticos, e poderemos evitar mais tragédias."
Ele comemora a iniciativa do Novembro Azul. Para ele, campanhas como essa desmistificam a saúde do homem e quebram preconceitos. "O Novembro Azul é uma campanha de suma importância. Nós nos acostumamos a ver todos os anos campanhas de conscientização contra o câncer de mama, mas no caso da próstata todo ano ainda é muito obscuro. É preciso quebrar esse muro, e campanhas como essa ajudam, trazendo debates e deixando muitos homens mais confortáveis.
De acordo com a Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer (LMECC), o Novembro Azul se encerra com saldo muito positivo. De acordo com os coordenadores da campanha, as palestras com médicos e especialistas foram muito produtivas e atingiram a resposta esperada, que era a participação maciça dos homens. A organização aproveitou as ações do mês de novembro para apresentar o Novembro Dourado, onde o foco é a prevenção ao câncer infantojuvenil.
O câncer é o nome dado a um conjunto de mais de 100 doenças que têm em comum o crescimento maligno e desordenado de células que invadem e prejudicam tecidos e órgãos, podendo espalhar-se através de metástase, por todo o corpo humano. Essas células, quando espalhadas rapidamente, têm caráter agressivo e podem formar os chamados tumores, que são o acúmulo de células cancerosas. Os tipos de câncer que mais acometem mulheres são os de mama e colo do útero. Entre os homens, o mais comum é o de próstata.
Segundo as estimativas do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer representa a segunda doença que mais mata atualmente no Brasil. O órgão prevê a ocorrência de aproximadamente 518.510 casos novos de câncer em 2013.
De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), estima-se que, em 2030, podemos esperar 27 milhões de casos incidentes de câncer, 17 milhões de mortes por câncer e 75 milhões de pessoas vivas, anualmente, com câncer.
O Novembro Azul é uma campanha de conscientização realizada por diversos órgãos da sociedade mundial no mês de novembro e dirigida aos homens como proposta de prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata e outras doenças masculinas.
O movimento surgiu na Austrália, em 2003, aproveitando as comemorações do Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, realizado no dia 17 de novembro. A campanha também é uma forma de homenagem ao Dia Internacional do Homem, data comemorada em 19 de novembro e nunca lembrada
Prevenção é fundamental no combate ao câncer de próstata
A próstata é uma glândula masculina que se localiza entre a bexiga e o reto. No corpo do homem, participa da produção do sêmen, líquido que carrega os espermatozoides produzidos no testículo. Ela envolve a uretra e seu tamanho normal é de uma azeitona.
De acordo com especialistas, uma das formas de prevenir o câncer de próstata é manter uma alimentação regrada e saudável, incluindo tomate, soja, chá verde, alho, cebola e brócolis, alimentos que têm sido constantemente associados a uma redução do risco do desenvolvimento de tumores na próstata.
Outra importante dica de prevenção é a realização dos exames para o diagnóstico precoce do câncer de próstata, que incluem a análise de sangue e toque retal. Os exames devem ser feitos anualmente, para homens acima dos 45 anos e 40 anos para os que possuem histórico da doença na família. Especialistas relembram que o exame do toque, tão questionado pela maioria dos homens, dura menos de 15 segundos, é praticamente indolor e não afeta em nada a masculinidade do paciente.
O câncer de próstata no Brasil e no Rio Grande do Norte
Brasil
60.180 novos casos em 2012.
12.778 mortes.
Rio Grande do Norte
740 casos (46,98 casos para cada 100 mil homens no RN).
37 novos casos em Mossoró (janeiro a dezembro de 2012).
35 casos novos em Mossoró em 2013: ( janeiro a julho).
12 óbitos por câncer de próstata em Mossoró.

Nenhum comentário:

Postar um comentário