sábado, 24 de junho de 2017

Foragidos: Polícia oferece recompensa para quem apontar o paradeiro dos dois

Anderson Rocha de Oliveira e Michael Eduardo Rocha da Silva são acusados de envolvimento na morte do servidor da Universidade do Estado em Mossoró - Credito das fotos O Câmera

A polícia está oferecendo uma recompensa no valor de 1.000 “Mil Reais” para quem der informações segurança e precisas do paradeiro de Anderson Rocha de Oliveira e Michael Eduardo Rocha da Silva, acusados de envolvimento na morte de Hiroito Gonçalves Falcão, funcionário da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, “UERN”.

Anderson Rocha e 
Michael Eduardo Rocha da Silva

Hiroito Gonçalves Falcão, Funcionário Público Estadual de 56 anos de idade, residente na Rua Antônio Cirilino, no Abolição II, foi morto a tiros dentro de sua própria casa durante um assalto.

Segundo informações, 05 criminosos participaram da trama para assaltar a casa, mas a Hiroito Falcão teria reagido e foi morto com um tiro no rosto.

Um suspeito foi morto, três estão na cadeia e a polícia procura Anderson Rocha de Oliveira e Michael Eduardo Rocha da Silva, para responder pelo crime.

Felipe Rodolfo da Silva, de 30 anos de idade, natural de Belo Horizonte, em Minas Gerais e residente na Rua Wenceslau Brás em Mossoró, foi quem planejou tudo, segundo investigação da Policia Civil. Ele foi executado com cerca de 06 disparos de pistola, na frente do Itep, no 14 junho. Veja

Ivonete Tintino da Silva, prestava serviço como técnica de enfermagem na casa de Hiroito e teria facilitado tudo e até simulado um assalto juntamente com seu esposo, Pedro Henrique da Silva, preso durante operação dos agentes da 3ª turma de plantão no dia seguinte ao crime. Ver

Jefferson Batista Souza de Morais e Ivonete Tintino foram presos no dia 16 de junho, pela equipe da Delegacia de Furtos e Roubos, por força de mandados de prisão expedidos pela justiça. Jefferson Batista foi preso preventivamente e Ivonete Tintino teve o mandado de prisão temporário. Ver:

Fonte: O Câmera

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Seis corpos de vítimas da tragédia na BR-101 são liberados e 10 precisam de DNA

Seis corpos de vítimas do grave acidente que deixou 22 mortos e 21 feridos nesta quarta-feira (22), no km 343 da BR-101, em Guarapari, foram liberados até as 15h50 desta sexta-feira (23), segundo a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

Famílias de vítimas do acidente na BR-101 no DML de Vitória (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Dos outros 15 corpos que foram para o Departamento Médico Legal (DML), 10 ainda passarão pelo exame de DNA e 5 estão em processo de identificação. Estes últimos terão os dados confrontados com as informações de outros estados para que possam ser identificados.

No acidente, uma carreta invadiu a contramão, atingiu um ônibus e duas ambulâncias. A carreta transportava uma rocha de 41 toneladas. O limite máximo permitido na rodovia é de 30 toneladas.


Acidente em Guarapari foi maior tragédia rodoviária do Espírito Santo (Foto: Bernardo Coutinho/ A Gazeta)

As causas do acidentes ainda estão sendo investigadas, mas a PRF já identificou que a carreta circulava em más condições. "Nossa perícia identificou problemas no sistema de freio, pneus sem condições para rodagem e veículo com excesso de peso", disse Lyra.

Embora o veículo estivesse rodando com excesso de peso, o superintendente da PRF disse que não é possível afirmar se ele teria passado por trechos onde deveria ter feito a pesagem.

Vítimas

Pelo menos 13 mortos e 19 feridos estavam no ônibus.
Na ambulância de Jerônimo Monteiro, o motorista morreu. Os outros 5 passageiros tiveram ferimentos leves e não entram na lista de feridos da Sesp porque não precisaram ir para o hospital.
3 feridos estavam na ambulância de Alfredo Chaves.
O motorista do caminhão morreu.
Há mais 6 mortos que ainda não se sabe em qual veículo estavam.
1 ferido grave morreu no Hospital Jayme Santos Neves

Perícia
O Corpo de Bombeiros fez a perícia do local do acidente e deve divulgar um laudo em 30 dias. A Polícia Civil também periciou o local e fará outro laudo. As investigações do acidente ficam com a Delegacia de Infrações Penais e Outras (Dipo) de Guarapari.



Mapa acidente Guarapari - versão 8 (Foto: Arte/ G1)

MPRN acusa prefeitos de Tangará e Major Sales de nepotismo

O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte (MPRN) quer que os prefeitos de Major Sales e de Tangará exonerem os ocupantes de cargos comissionados, função de confiança ou gratificada que possam configurar nepotismo. As Promotorias de Justiça das duas Comarcas recomendaram prazos para que os chefes do Executivo dos municípios desliguem da Prefeitura os servidores com parentesco consanguíneo, em linha reta ou colateral, ou por afinidade até o terceiro grau com o próprio prefeito e demais gestores do Município.

A recomendação dirigida ao prefeito de Tangará, Jorge Eduardo de Carvalho Bezerra, cita expressamente que será necessária a exoneração de quem se enquadrar em situação de nepotismo por ter algum grau de parentesco com as seguintes autoridades, além do próprio chefe do Executivo: vice-prefeito, secretários municipais, procurador-geral do Município, chefe de gabinete e qualquer outro cargo comissionado.

As exonerações também devem atingir as pessoas com relação de parentesco detalhada com autoridades de outros Poderes, configurando nepotismo cruzado: vereadores; governador do Estado e vice-governador, secretários estaduais, qualquer outro servidor comissionado do Estado; deputados; conselheiros e auditores do Tribunal de Contas do Estado (TCE); membros do Poder Judiciário e membros do Ministério Público.

O promotor de Justiça Márcio Cardoso Santos recomendou nominalmente a exoneração dos servidores Roberto Alexandre Vicente da Silva e Ricardo Alexandre Vicente da Silva, que são tio e sobrinho.

A mesma recomendação ainda orienta que o prefeito efetue a rescisão dos contratos realizados por tempo determinado (para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público) de pessoas que sejam parentes até o terceiro grau em linha reta, colateral e por afinidade de quaisquer das pessoas ocupantes dos mesmos cargos descritos no Município (nepotismo) e demais Poderes (nepotismo cruzado).

Na mesma linha, o prefeito deverá rescindir os contratos em casos excepcionais de dispensa ou inexigibilidade de licitação, de pessoa jurídica cujos sócios ou empregados sejam parentes até o terceiro grau em linha reta, colateral e por afinidade de quaisquer das autoridades e gestores, do Município ou demais Poderes, caracterizando nepotismo ou nepotismo cruzado. O prazo recomendado pelo representante ministerial para todas as exonerações e rescisões contratuais foi de cinco dias.

O promotor de Justiça da Comarca de Tangará também quer que o prefeito se abstenha de fazer nomeações, contratações por tempo determinado, manter, aditar ou prorrogar contratos, em casos excepcionais de dispensa de pessoas cujo parentesco poderá ser enquadrado nas mesmas situações mencionadas de nepotismo ou nepotismo cruzado.

O Xerife

Acidente com banda de Jonas Esticado


O show do cantor Jonas Esticado, previsto para acontecer nesta quinta-feira (22) em Sapé, não foi realizado por conta de um acidente envolvendo a van que transportava a equipe técnica da banda para o local.

Em uma postagem no Instagram, o vocalista afirmou que o acidente foi de pequena proporção e pediu desculpas as pessoas que foram até a cidade para prestigiar o evento. “Quero pedir desculpa ao pessoal de Sapé, ao pessoal que veio assistir ao show. A gente não contava com esse acidente, mas aconteceu”, lamentou.

Jonas disse ainda que devido a uma decisão judicial, determinando que as apresentações sejam encerradas as 3h30, não foi possível se apresentar na festa. Antes de Sapé, o cantor fez show em Solânea, no Brejo paraibano.

* MaisPB

Spazzio e Villa Forró promovem o São João Premium em CG



Para comemorar seus 30 anos de existência, o Spazzio juntamente com a casa de eventos Vila Forró, promove o São João Premium Spazzio e Vila Forró 2017. A festa, acontece de 23 a 25 de junho, em Campina Grande-PB, e está com a programação imperdível.

Entre os convidados selecionados para animar o público deste ano, estão Jorge & Mateus, Wesley Safadão,Matheus & Kauan, Gusttavo Lima, Gabriel Diniz, Márcia Felipe, Dorgival Dantas, Luan Estilizado e muito mais.

O evento é considerado um dos melhores e maiores da região no São João de Campina Grande, o “Maior São João do Mundo”, onde registra sempre um recorde de vendas.


A programação de 2017, como é de costume, é dividida entre os espaços da Villa Forró e Spazzio. No dia 23 de junho, a festa acontece na Casa de Eventos Spazzio e, nos dias 24 e 25 de junho, na Vila Forró

Programação completa do São João Premium Spazzio e Villa Forró 2017



Spazzio – Atrações 23/06/2017

Wesley Safadão
Wallas Arrais
Gusttavo Lima
Geraldinho Lins

Villa Forró – Atrações 24/06/2017

Mateus e Kauan
Márcia Felipe
Dorgival Dantas
Jonas Esticado

Villa Forró – Atrações 25/06/2017

Jorge e Mateus
Gabriel Diniz
Pedrinho Pegação
Luan Estilizado

Se condenado Lula deve fugir

A iminente sentença do juiz Sérgio Moro, numa das ações em que Lula é acusado de corrupção, levou próceres petistas a retomarem a discussão sobre alternativas de fuga do País. Fonte ligada à cúpula do PT confirmou as discussões, mas nega ser uma “fuga”, e sim “período sabático” em outro país. Uma das opções do ex-presidente seria o Uruguai, cujo governo lhe teria oferecido asilo, em caráter reservado.

Cláudio Humberto

FRUTUOSO GOMES RN: Assassinato


Foi morto na noite desta quinta-feira (22), o empresário Gerhard Muller Carlos Tomaz, irmão do vice-prefeito de Frutuoso Gomes, conhecido como Bebé.
O crime ocorreu no município. As causas são desconhecidos. E os culpados.